sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Parâmetros recomendados para a qualidade da avaliação em intervenção precoce

Parâmetros recomendados para a qualidade da avaliação em intervenção precoce
 Ana Maria Serrano*
Ana Paula Pereira**
Resumo
Este artigo procura revisar, sinteticamente, os princípios teóricos e empíricos subjacentes às práticas atualmente recomendadas para a avaliação em Intervenção Precoce (IP). Descreve as principais mudanças paradigmáticas ao nível da Intervenção Precoce nas últimas décadas e como elas se refletem nos processos de avaliação, assim como apresenta uma breve descrição das características da avaliação em Intervenção Precoce baseadas na evidência científica. Apresenta também alguns instrumentos e procedimentos de avaliação que se coadunam com as práticas descritas pela investigação, como mais eficazes na resposta às necessidades, preocupações e prioridades das crianças e suas famílias.

Palavras-chave: Avaliação. Intervenção precoce. Centrado na família. Envolvimento parental.

Atigo na íntegra no seguinte endereço:


Postar um comentário