quinta-feira, 5 de julho de 2012

IMITANDO UMA PAISAGEM SONORA


IMITANDO UMA PAISAGEM SONORA

[1]SOUZA, Vera Lúcia Pereira de

            A paisagem sonora mundial deve ser considerada uma enorme composição musical soando incessantemente à nossa volta. Somos ao mesmo tempo seu público, seus executantes, e seus autores. A ecologia sonora compõe-se de numerosos tipos de sons: agradáveis, desagradáveis, ruidosos, contentes, melancólicos, e assim por diante. Contudo ela mostra-se particular, no sentido de que a seu significado é resultante da experiência individual de cada um.
            Este trabalho sobre Ecologia Sonora apresenta a paisagem da seguinte forma:
- Paisagem sonora natural: constituída pelos sons originários da natureza (vento, chuva, ondas do mar, cachoeira, trovão, e animais da selva, do fundo mar, e assim por diante).
- Paisagem sonora humana: formada pelos sons produzidos pelo homem espontânea ou involuntariamente: choro, riso, grito, fala, canto, palmas, e os sons internos do corpo humano.
- Paisagem sonora tecnológica: constituída pelos sons dos aparelhos tecnológicos inventados pelo homem (carro, moto, avião, trem, sirene, telefone, auto-falante, sino, música eletrônica, e assim por diante).

OBJETIVOS
- Promover uma experiência de construção de paisagens sonoras com vozes.
- Desenvolver nos alunos com deficiência intelectual, múltipla deficiência e transtornos globais do desenvolvimento a capacidade de sensibilizar-se para analisar e compreender os sons e sua importância na construção de diversas paisagens sonoras.

CONTEÚDO
- Paisagens sonoras humana, natural e tecnológica.

ESTRATÉGIAS
 - Conversa com os alunos envolvidos no processo a respeito dos diversos tipos de sons que permeiam o nosso dia-a-dia.
- Explicação sobre os diversos tipos de paisagens sonoras.
- Diferenciação dos diversos tipos de paisagens por meio de imitação feitas pelos próprios alunos.
- Produção de um vídeo com as imitações dos alunos.

AVALIAÇÃO
Os alunos participarão escutando, perguntando, emitindo idéias e especialmente nas imitações ou construções das paisagens sonoras.
O vídeo deverá ser socializado com os alunos para que os mesmos possam apreciar suas produções sonoras.
A percepção sonora é algo que começa quando o indivíduo ainda está no útero materno e desenvolve-se ao longo da vida, por isto compreende-se que é um acontecimento que necessita ser trabalhado na família e na escola desde os primeiros períodos da vida para que se possa desenvolver nos pequenos a habilidade e a capacidade de apreciar os sons, deste modo como aprender a identificá-los e a imitá-los, o indivíduo ao mesmo tempo deve compreender que cada som traz em seu bojo uma carga de definição, por isto pode-se dizer que igualmente como as palavras as paisagens sonoras são polissêmicas.
Este é um trabalho muito interessante à medida que pode despertar nos alunos a habilidade de imitar alguns sons e de apreciá-los como mais uma forma de se relacionar com os outros e com o meio.




[1] Professora QPM, 31 anos de Magistério, Professora PDE/2009, Projeto: Educação Profissional para Alunos com Deficiência Intelectual Significativa - Oficinas Pedagógicas, graduada: em Ciências físicas e biológicas, com habilitação em matemática para 1º grau e ensino médio e em Pedagogia, Assistente Social, Pós-Graduada em: Profissionalização da Pessoa Portadora de Deficiência Mental (UEL); Magistério Superior (TUIUTI); Arte, Educação e Terapia (FAPI) e em Psicopedagogia Institucional e Clínica (UNIMEO).
Postar um comentário