quarta-feira, 6 de abril de 2011

GRUPO DE APOIO A IMPLEMENTAÇÃO AO PROJETO - PDE/2009 - 4º ENCONTRO


GRUPO DE APOIO DE IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO NA ESCOLA
4º ENCONTRO / 22/09/2010

 VERA LÚCIA PEREIRA DE SOUZA, PROFª PDE/2009

ATIVIDADE

Leitura do texto “Reflexões sobre a política de formação de professores para a educação especial / educação inclusiva”, Capítulo IV do Livro: A pessoa com deficiência na Sociedade contemporânea: Problematizando o debate.

Site:
Questionamento para ser respondido em grupo:

a) Em seu ponto de vista aonde reside à maior dificuldade para a implementação da política de ensino, nos vários obstáculos arquitetônicos encontrados nos ambientes escolares, ou nas barreiras atitudinais presentes nas pessoas? Justifique.

b) Diante dos temas já estudados e seu entendimento sobre o assunto, dê sua definição de Escola Inclusiva.

Dinâmica de Grupo

Dinâmica da Embolação
Esta dinâmica recomenda um maior intercâmbio entre os participantes e proporciona observar-se a capacidade de improviso e socialização, dinamismo, paciência e liderança dos integrantes do grupo.

Passos
Faz-se uma roda de mãos dadas com todos os participantes da dinâmica.
Solicita-se que cada um grave precisamente a pessoa em que vai dar a mão direita e a mão esquerda.
Em seguida pede que todos larguem as mãos e andem aleatoriamente, passando uns pelos outros olhando nos olhos (para que se despreocupem com a posição original em que se achavam). Ao sinal, o pede-se que todos se abracem no centro do círculo “bem unidos". Então, pede-se que todos se conservem nesta posição como estátuas, e em seguida dêem as mãos para as respectivas pessoas que estavam de mãos dadas antes (sem sair do lugar).
Então se pede para que todos, unidos, tentem abrir a roda, de maneira que valha como regras: Pular, passar por baixo, girar e saltar.
O efeito é que todos, juntos, vão tentar fazer o melhor para que este círculo fique inteiramente aberto.
Ao fim, pode ser que alguma pessoa fique de costas, o que não é uma contra-regra. O Coordenador parabeniza a todos!

Avaliação
- O que descobrimos acerca dos demais, através desse exercício?
- Como nos sentimos?

Dinâmica: “dos problemas”

Material: Bexiga, tira de papel

Procedimento:
Formação em círculo, uma bexiga vazia para cada participante, com um tira de papel dentro (que terá uma palavra para o final da dinâmica).
O facilitador dirá para o grupo que aquelas bexigas são os problemas que enfrentamos no nosso dia-a-dia (de acordo com a vivência de cada um), desinteresse, intrigas, fofocas, competições, inimizade, e assim por diante.
Cada um deverá encher a sua bexiga e brincar com ela jogando-a para cima com as diversas partes do corpo, depois com os outros participantes sem deixar a mesma cair.
Aos poucos o facilitador pedirá para alguns dos participantes deixarem sua bexiga no ar e sentarem, os restantes continuam no jogo. Quando o facilitador perceber que quem ficou no centro não está dando conta de segurar todos os problemas peça para que todos voltem ao círculo e então ele pergunta:

1) a quem ficou no centro, o que sentiu quando percebeu que estava ficando sobrecarregado?

2) a quem saiu, o que sentiu?

Depois destas colocações, o facilitador dará os ingredientes para todos os problemas, para mostrar que não é tão difícil resolvermos problemas quando estamos juntos.
Ele pedirá aos participantes que estourem as bexigas e peguem o seu papel com o seu ingrediente, um a um deverão ler e fazer um comentário para o grupo, o que aquela palavra significa para ele.
Dicas de palavras ou melhores ingredientes:- amizade, solidariedade, confiança, cooperação, apoio, aprendizado, humildade, tolerância, paciência, diálogo, alegria, prazer, tranqüilidade, troca, crítica, motivação, aceitação, e assim por diante.
Postar um comentário