quarta-feira, 23 de março de 2011

CURSO DE CAPACITAÇÃO DE TUTORES - SUBSISTEMA DE TUTORIA

CURSO DE CAPACITAÇÃO DE TUTORES

 

SUBSISTEMA DE TUTORIA

CURSOS À DISTÂNCIA ITDE/FAPI

O ITDE existe como meio tecnológico para oferta de cursos na modalidade a distância utilizando transmissão de imagem e som via satélite. A responsabilidade pedagógica, acadêmica dos cursos é de responsabilidade das Instituições Certificadoras que compõe a parceria.
Para ofertar cursos na modalidade à distância uma Instituição de Ensino Superior precisa estar CREDENCIADA PELO MEC:
a) A FAPI possui autorização que foi publicada pelo MEC no diário oficial da união com a portaria de número 882 no dia 27 de junho de 2000.
b) O Instituto Superior Tupy, que têm a SOCIESC de Joinville como mantenedora, possui autorização que foi publicada pelo MEC no diário oficial da união com a portaria de número 756 no dia 22 de março de 2006.
Uma vez autorizada a Instituição de Ensino Superior precisa de uma portaria para cada curso de Graduação que for ofertar:
a) PEDAGOGIA (FAPI): Autorizado pela Portaria do MEC n° 1.619, de 13/05/2005. Publicada no Diário Oficial da União de 16/05/2005 e pelo Parecer do CES/CNE 091/2005. Inicialmente o Curso chamava “Normal Superior”. Porém, com a aprovação das Novas Diretrizes Curriculares, o mesmo foi reorganizado, passando a chamar “Pedagogia”.
b) Tecnologia Sistemas da Informação (IST/SOCIESC): Autorizado pela Portaria MEC 756 de 22 de março de 2006, publicada no Diário Oficial da União em 23 de março de 2006, página 11, seção I. Alterada a denominação para “Tecnologia em Processos Gerenciais”, conforme Portaria MEC 239 de 28 de maio de 2008, publicada no Diário Oficial da União em 29 de maio de 2008, página 31, seção I.
A partir destas autorizações, as IES podem ofertas cursos de PósGraduação a distância em algumas áreas, seguindo o site do MEC:
http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=13070:oscursosdeposgraduacaolatosensuprecisamserautorizadosereconhecidospelomec&catid=127:educacaosuperior :
Os cursos de pósgraduação lato sensu à distância podem ser ofertados por instituições de educação superior desde que possuam credenciamento para educação à distância.
Cursos Livres, Extensão, Formação Continuada, PósGraduação não possuem portaria específica. O CERTIFICADO é emitido pela própria Instituição de Ensino Superior, possuindo validade em território nacional.

TUTORIA

Os cursos são desenvolvidos por processo de tutoria, no qual os tutores em conjunto com os professores do curso presencial e à distância, desenvolvem o ensino que possibilita a auto-aprendizagem, com a mediação de recursos didáticos sistematicamente organizados, apresentados em diferentes suportes de informação, utilizados isoladamente ou combinados a partir do recebimento das atividades propostas, seja nos momentos presenciais e à distância. O Colegiado do Curso, ao final de cada semestre, avalia o desempenho de cada turma e acompanha regularmente o trabalho de tutoria, resolvendo os problemas trazidos pelos alunos.

SUBSISTEMA DE TUTORIA

Segundo Filho Parente (2001), o subsistema de tutoria, muito mais que um aspecto estrutural e de assistência ao aluno, é visto como o atendimento à educação individualizada e cooperativa e a abordagem pedagógica esta centrada no ato de aprender que põe à disposição do aluno-adulto recursos que lhe permitam alcançar seus objetivos no curso, de forma mais autônoma possível.
O professor tutor diferencia e seqüencia as várias informações que proporciona aos alunos, sistematizando as ações, como:
- Expressar caráter de excelente receptividade para garantir um clima motivacional de entendimento pleno;
- Avisar o aluno sobre a estrutura e o funcionamento do sistema de EaD, dos meios didáticos usados e sistema de avaliação, dentre outros;
- Explicar o papel da tutoria no processo de ensino e aprendizagem em EaD;
- Avaliar, com o aluno, os níveis de responsabilidade dos professores, dos professores-tutores e de suas contribuições em diferentes atividades para garantir um processo de aprendizagem individual consistente;
- Caracterizar para o aluno as funções de tutoria e de presencialização dos professores, já que o sistema de EaD foi planejado para promover auxílio aos alunos em dificuldades de aprendizagem e não sistematizar encontros semanais de tutoria. (FILHO PARENTE, 2001)

MINHAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O TUTOR

Tutor Mauro, quanto às multimídias acredito que elas não transformam o trabalho docente, elas apenas expressam com grande impacto os novos cenários da sociedade atual e permitem um armazenamento enorme de informação, por meio de novas linguagens.
Dessa forma, a educação a distância deve ser assumida para desenvolver as sociedades de nosso continente e superar os imperativos da cultura de consumo. Estas demandas ressaltam a importância do desempenho do tutor em EaD, em que o perfil do mesmo deve conter capacidades bem mais complexas, tais como:
- Saber lidar com os ritmos particulares diferentes dos alunos;
- Apropriar-se de técnicas novas de elaboração do material didático impresso e do produzido por ambientes virtuais;
- Dominar técnicas e instrumentos de avaliação, trabalhando em espaços diversos daqueles já existentes no sistema presencial de educação;
- Ter capacidades de investigação;
- O tutor precisa estar atento para identificar os problemas relacionados à aprendizagem dos cursistas, deve repassar sempre os objetivos de aprendizagem a serem alcançados, bem como as etapas e o calendário e a serem cumpridos;
- O tutor deve interceder os conflitos e resolver os problemas relacionados à gestão educacional fornecendo feedback e, assim, cumprir com os prazos determinados pelos vários atores do processo de Educação a Distância.
- Empregar técnicas variadas de investigação e recomendar esquemas mentais para criar uma nova cultura, indagadora e total em procedimentos de capacidade criadora.
Acredito tutor Mauro, que como mediador, neste processo, o tutor assume papel relevante, agindo como intérprete do curso junto ao aluno, elucidando suas dúvidas, estimulando-o a continuar e, ao mesmo tempo, participando da avaliação da aprendizagem.
Educação a Distância de alta qualidade, sem sombra de dúvidas demanda intercâmbio cursista/tutor contínua e estimulante.
E finalizando, cito Gonzalez (2005, p. 85), “o tutor deve ter bem claro para si e para os alunos de que tem sim a consciência de que não é ele o detentor exclusivo do conhecimento, mas que é, antes de tudo, uma ponte para a fluência dos saberes em construção.”

AVALIAÇÃO

A avaliação institucional é o processo de autoconhecimento da instituição envolvendo todos os atores que a compõe com o objetivo de aprimorar a qualidade de ensino, pesquisa e extensão e a prestação de serviços para a sociedade. Nesse sentido, procura-se um re-significar dessas atuações, realizando um processo de auto-avaliação no dia-a-dia dos que fazem este Instituto.
A avaliação é concebida para melhoria do processo educativo, na perspectiva de:
- A avaliação pautada nas competências, habilidades, atividades e conteúdo curriculares;
- A avaliação integra-se ao ensino e é orientada para aprendizagens, com a finalidade formativa e somativa, ajustando-se o que se fizer necessário ao longo do processo de ensino-aprendizagem;
- Os resultados das avaliações são discutidos sistematicamente, com vistas a conferir se os objetivos estão sendo alcançados;
- O aluno é estimulado a avaliar seus progressos pessoais e reconhecer necessidades educacionais pessoais, utilizando adequadamente uma diversidade de recursos para aquisição e ampliação de conhecimentos.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Perante do que foi exposto, pode-se finalizar que a EaD é uma modalidade educacional que marcha para a democratização do conhecimento, pois aumenta oportunidades de ingresso ao conhecimento, levando a educação a todos os cantos de um país com características socioeconômicas, políticas e geográficas tão caracterizadas quanto o nosso.

REFERÊNCIA
FILHO PARENTE, José. Planejamento Estratégico na educação. Brasília: Plano Editora, 2001. 116p.

GONZALEZ, M. Fundamentos da tutoria em Educação a Distância. São Paulo: Editora Avercamp, 2005.